Crescer

largeQuando eu era menor nunca fui de gostar de me arrumar. Rímel, batom, salto alto era coisa de “gente grande”. Me preocupava apenas com a cor do lápis que iria colorir meu desenho, e em acordar cedo para não perder Tv Globlinho.
Vivia sonhando em crescer. Sim, ser gente grande. Poder tomar conta do meu próprio nariz , tomar sorvete no frio e escolher a roupa que iria usar .

Blusinha de bichinho, calça colorida, bota (em pleno verão), maria-chiquinhas no cabelo e várias pulseiras. Uma de cada cor. Pronto estava linda.
Na minha mente ingênua e inocente não tinha essa de combinar, de usar o que estava na moda. Quanto mais colorido e chamativo. Melhor!
Meninos?
Ah, nem passava pela minha cabeça. A regra era: meninas odiavam meninos, e os meninos odiavam as meninas.
Mais cá entre nós sempre tive mais facilidade para lidar com meninos. Acho que é porque sempre brinquei com meus primos e os meninos da minha rua.

Chegou a época em que isso tudo virou segunda opção. Problemas, rotinas, deveres, preocupações, tomou o lugar.
Meu horário reservado para assistir os desenhos foi ocupado por estudos. Minha rotina mudou, não era mais acordar e assistir desenhos, era acordar e estudar.
Aquela antiga frase de mãe, se tornou parte da minha vida:
“Primeiro as obrigações e depois a diversão”.

E foi aí que eu descobri que crescer não era assim tão legal, e nem tão fácil como eu imaginava. Junto com crescer cresce também os problemas e as responsabilidades.
Mais o desejo de independência continua cada dia maior.

Millena Ribeiro

Anúncios

4 comentários sobre “Crescer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s